Arquivo do mês: novembro de 2014

Glotocídio, glotocronologia e alguns outros blás blás blás

Quando estudava Antropologia na Universidad Nacional Mayor de San Marcos, em Lima, Peru (a universidade mais antiga das Américas, porque os espanhóis foram mais cruéis, mas menos estúpidos que os portugueses e criaram várias universidades por aqui), tive aulas com … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , | Deixar um comentário

DO QUE FERNANDO HENRIQUE CARDOSO DEVE SE ENVERGONHAR?

“A velhice ridícula é, porventura, a mais triste e derradeira surpresa da vida humana” Machado de Assis Memórias Póstumas de Brás Cubas   O “príncipe” anda indignado. Declarou ao O Globo que “sente vergonha como brasileiro” pelo que anda acontecendo … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , , , , | Deixar um comentário

JUIZ-DEUS TEM PRECEDENTES

A esculhambação do judiciário e das “forças da ordem” no Brasil vem de longe. Qualquer historiador pode listar milhares – literalmente – de casos onde o “sabe com quem tá falando?” prevalece sobre qualquer coisa, e a polícia e o … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , , | Deixar um comentário

O QUE FEDE E CHEIRA NA OPINIÃO DO BILL WAACK E DO MERVAL PEARTREE

Esse Bessa não perde a deixa. Vejam só, atrasou a publicação de um texto sobe Guamán Poma de Ayala (aguardem, aguardem…) para nos divertir com as macaquices do Bill Waack e do Merdal (ops, Merval, desculpem) Peartree in The Enchanted … Continue lendo

Publicado em Sem categoria | Com a tag , , , | Deixar um comentário

A ILUSÃO DOS VIVOS

Aldísio Filgueiras, meu irmão, grande poeta de Manaus e da Amazônia, publicou hoje, no jornal Em Tempo, de Manaus, este poema magnífico. Viva o poeta, que sabe dizer o que sentimos e não conseguimos expressar.

Publicado em Sem categoria | Com a tag , | 1 comentário